Pular para o conteúdo

Dipladênia: Como Cultivar e Cuidar

  • por
Dipladênia: Como Cultivar e Cuidar

A Dipladênia, conhecida cientificamente como Mandevilla spp., é uma planta ornamental perene pertencente à família Apocynaceae. É uma planta de fácil cultivo, poda e cuidado, sendo uma ótima opção para embelezar e colorir qualquer varanda. 

Com suas folhas verde-escuras e flores coloridas que vão do branco ao vermelho durante o verão, a Dipladênia é uma escolha encantadora para decorar terraços e jardins. Abaixo, apresentamos suas características e algumas dicas para cultivar, cuidar e obter o máximo da Dipladênia.

Cultivo da Dipladênia em Ambientes Internos, Jardins ou Vasos

A Dipladênia é uma planta ornamental versátil que se adapta ao cultivo em ambientes internos, jardins ou vasos. Existem quase 200 espécies de Mandevilla, algumas mais adequadas para cultivo em ambientes fechados, como a Dipladenia rosea, e outras ideais para áreas externas, como a Dipladenia williamsii. 

A planta prefere climas amenos e não tolera temperaturas muito baixas ou altas. Pode ser cultivada com suporte para escalar ou como planta pendente.

Dipladênia: Como Cultivar e Cuidar

Para garantir um crescimento saudável, a Dipladênia precisa de locais bem iluminados com temperaturas em torno de 21°C. No verão, é preferível expô-la ao sol apenas em áreas com verões amenos e protegê-la à sombra nas regiões mais quentes. 

Durante os meses de inverno, a Dipladênia requer temperaturas entre 10°C e 14°C. Recomenda-se colocá-la em ambientes frescos, longe do aquecimento doméstico e das temperaturas externas rigorosas. O ideal é colocá-la em um ambiente bem iluminado por luz natural, como escadas, para permitir um crescimento saudável.

Florescimento da Dipladênia

A Dipladênia, uma planta ornamental trepadeira, floresce da primavera ao outono. Suas flores em forma de funil, de tamanho médio, destacam-se pela variedade de cores: há plantas com flores vermelhas, rosa, brancas e amarelas.

Para obter uma floração exuberante durante o verão, é fundamental expor a Dipladênia a locais frescos durante o inverno.

Tipo de Solo

A Dipladênia é uma planta ornamental apreciada, mas para um desenvolvimento saudável, é fundamental fornecer-lhe o solo adequado. A mistura perfeita consiste em terra de jardim, folhas, turfa e areia.

Além disso, para garantir a nutrição adequada da planta, é aconselhável enriquecer o solo com matéria orgânica, como húmus, e fertilizar durante a primavera e o verão. Por fim, o solo deve ser bem drenado para evitar problemas de estagnação da água.

Rega da Dipladênia

Para garantir o cuidado adequado da Dipladênia, é importante seguir algumas regras de irrigação. Durante a primavera e, especialmente, no verão, a planta deve ser regada com frequência, mas é importante evitar o acúmulo de água no solo entre uma rega e outra. 

Embora a Dipladênia possa suportar breves períodos de seca, é importante manter a umidade do solo para evitar que o ambiente fique muito seco. Uma solução eficaz pode ser colocar a planta em um prato com cascalho úmido e borrifar água nas folhas ao entardecer.

Durante o outono e o inverno, é possível reduzir as regas e molhar a Dipladênia de forma mais esporádica. Dessa forma, a planta terá a quantidade certa de água para enfrentar os meses mais frios do ano.

Dipladênia: Como Cultivar e Cuidar

Poda da Dipladênia

Para podar a Dipladenia corretamente, é aconselhável fazê-lo durante o período de repouso vegetativo, ou seja, no outono. A poda da Dipladênia pode ser realizada para remover galhos lenhosos ou para modelar a forma da planta. A poda dos galhos favorece o crescimento lateral da planta, especialmente útil para cobrir partes inferiores despovoadas. Para evitar irritações na pele, é recomendável usar luvas antes de podar a Dipladênia, pois o látex branco que escorre das feridas do caule pode ser incômodo.

Além disso, é importante prestar atenção às técnicas de poda para evitar danos à planta. Com uma poda adequada, a Dipladênia crescerá saudável e exuberante na próxima estação.

Propagação da Dipladênia

A Dipladênia pode ser facilmente propagada por meio de estacas, ou seja, retirando brotos laterais ou ramos. Geralmente, 10 cm de ramo ou broto são suficientes. O corte deve ser feito na primavera nos brotos e no verão nos ramos mais antigos. 

Para enraizar as estacas, é necessário colocar o ramo ou broto em recipientes com uma mistura de turfa e areia e mantê-los a uma temperatura de cerca de 20°C em um ambiente bem ventilado. Manter o nível certo de umidade do solo é importante para favorecer a formação das raízes, que ocorre em cerca de um mês. Uma vez que as raízes se formaram, as novas plantas podem ser transplantadas para vasos ou para o solo.

Leia também:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!